De olho nos relatórios. O que o seu negócio tem a dizer a você?
14 de agosto de 2018
E-mail marketing: uma ferramenta poderosa de Pós-Venda
14 de agosto de 2018

6 erros comuns entre empreendedores e como evitá-los

É normal cometer erros. Todos nós cometemos, e apesar da ideia de não cometê-los e trilhar um chamado “caminho perfeito” nos negócios ser extremamente tentadora, trata-se de uma utopia, e um empreendedor iniciante cometerá vários durante sua carreira profissional. No entanto, o que diferencia o bom empreendedor dos outros, é que ele aprende com esses erros de forma a evitá-los futuramente para que não os cometa mais de uma vez.

Pensando então nessa indubitável certeza da vida – a de que vamos errar em algum momento - preparamos essa lista com 6 erros comuns a todos aqueles que em algum momento de suas existências se lançaram ao fantástico e desafiador mundo do empreendedorismo.

Novamente, tocaremos em pontos que parecem básicos e práticas que podem parecer simples à princípio, pois realmente são, mas também são medidas bastante complexas e desafiadoras de serem postas em prática simultaneamente. Vamos dar uma olhada?

  • Ter como único canal de atendimento o telefone: uma empresa deve ter o canal com o cliente aberto e sempre funcionando. Isso vale para telefone, e-mail, WhatsApp, chat, e qual outra ferramenta possa auxiliar nesse processo. Lembrando que é preciso ter mão de obra para operar cada um desses canais. Não adianta falar que atende por WhatsApp para “acompanhar” a modernidade e não responder nunca no aplicativo.
  • Não personalizar as embalagens: a identidade visual de uma empresa é um dos carros chefes para o fortalecimento da marca. Embalagens personalizadas podem fazer toda a diferença entre um negócio bem-sucedido e um não. Aqui, uma boa ideia é optar pela ajuda de um profissional capacitado que possa auxiliar na criação de uma identidade visual profissional.
  • Não reter os dados dos clientes e estatística: o crescimento e o sucesso são frutos de trabalho árduo. É preciso observar as indicações que a empresa nos aponta e para isso, é preciso reter dados e gerar relatórios. Analisar estes relatórios é importantíssimo para um real entendimento de como estão os caminhos do empreendimento.
  • Ignorar o pós-venda: manter o contato com o cliente após a concretização da venda é imprescindível para desenvolver um relacionamento duradouro entre a marca e o público. Não só não se deve ignorar o pós-venda, como é preciso sempre pensar em formas de fidelizar esse cliente, seja por meio de promoções, sistemas de pontos, etc.
  • Ignorar o feedback do cliente: um sistema de avaliação pós compra pode ajudar o empreendedor a ter um feedback direto do cliente sobre a sua empresa e produto. Enquetes e pesquisas de opinião também são uma ótima maneira de se conseguir esse retorno do público.
  • Não apostar no Delivery: às vezes algo que julgamos como trabalhoso, na verdade pode ser a solução para um período de poucas vendas e pouco movimento no salão. Antigamente, criar um delivery poderia ser realmente complicado. Dados e dados para armazenar, toda a infraestrutura para organizar, somando-se às entregas e motoboys, enfim, um trabalhão. Entretanto, hoje em dia, contamos com ferramentas avançadíssimas e tecnológicas que podem te ajudar a organizar este processo, tornando tudo muito mais fácil, rápido e automatizado. Experimente o DeliveryControl gratuitamente por 2 semanas e tire as suas próprias conclusões.

Qualquer dúvida ou comentários, estamos sempre à disposição.


Venha para o Delivery Control

Site completo + Sistema de Gerenciamento + Suporte


Tudo por apenas

R$250,00